segunda-feira, junho 08, 2009

Sócrates e os Sofistas

Quero brindar vocês com um dos meus melhores trabalhos na época da graduação. Claro que é uma coisa despretensiosa, mas pode ajudar muito quem está começando a filosofar. De fato, faz parte do espírito deste blog, estender a mão para os que começam a labuta filosófica, assim como eu comecei um dia. Então, aqui vai o texto:

1. Sócrates e os Sofistas

Sócrates revolucionou o mundo com seu mode de pensar. Sua filosofia se diferenciou dos pré-socráticos com um jeito novo de se chegar à verdade. Esse jeito novo consiste em reconhecer primeiro a própria ignorância para partir em busca do saber. Frase celebre que conhecemos exemplifica isso: "Sei que nada sei".

Seu método parte da destruição daquilo que não é verdade. É através de perguntas que Sócrates leva muitas vezes o oponete a reconhecer sua ignorância desmontando suas certezas.

Ao entrar no templo de Apolo Delfo, se deparou com um oráculo inscrito na porta que dizia: "Conhece-te a ti mesmo". Uma voz misteriosa em seu interior, que ele chama de daímon, revelou que essa seria a sua missão. A partir daí, Sócrates se dedicou a filosofia.

Na política não se tornou muito atuante. Sempre que era convidado para presidir às assembléias de julgamento, cumpria com seu dever de cidadão ateniense, mesmo que na maioria das vezes, vota-se contra a condenação de alguns prisioneiros injustamente condenados.

Como já foi dito, Sócrates destrói o saber por meio de perguntas para reconstruí-lo na procura da definião do conhecimento. E Platão ilustra bem isso em seus diálogos. É bom lembrar também que Sócrates às vezes nunca chegava na resposta definitiva. Em busca do conceito, suas discussões acabavam levando a nenhuma conclusão definitiva.

Sócrates está à procura do logos, o sentido do ser em si mesmo. O logos filosoficamente falando é a razão que se dá de algo, ou o que hoje chamaríamos de conceito.

Os sofistas viveram em uma época áurea da cultura grega. O século de Péricles onde a democracia em Atenas desenvolveu intensa vida cultural e artística.

Sofista etimologicamente significa dizer apenas "intelecutal que sabe falar". Posteriormente adquiriu um sentido pejorativo de "alguém que usa de raciocínio capcioso, de má-fé, com intenção de enganar".

Ao longo dos anos, os sofistas sempre foram mal interpretados devido a criticas feitas por Sócrates e Platão. Entretanto, vem se resgatando desde o século XIX a importância de seu pensamento. Hegel reabilita os sofistas denominando a expressão Aufklärung grega para definir o período iniciado por eles.

Sábios e pedagogos, os sofistas contribuíram muito para o ensino. Formaram um currículo de estudos que foi resgatado no período medieval.

Talvez o que mais escadalizava seus contemporâneos seja o fato de que eles cobravam pelas aulas e por isso Sócrates os acusava de protituição. Por não serem suficientemente ricos para filosofarem descompromissadamente, faziam da aula seu oficio.

Ensinavam a arte de argumentar e persuadir, indispensável para exercer a cidadania numa democracia direta. Também davam aulas de retórica, que consistia em defender e a atacar com argumentos de igual força o mesmo assunto. Isso dava impressão de serem mau caráter, defendiam algo por interesse próprio.

Entretanto, os melhores sofistas buscavam aperfeiçoar os instrumentos da razão. Para ele não basta dizer o que se considera verdadeiro, mais é preciso demostrá-lo pelo raciocínio.

14 comentários:

matheus disse...

valeu cara! ajudou muito

Anônimo disse...

Parabéns, belo texto!

Anônimo disse...

Texto claro e objetivo. Obrigado pela força.
Valeu!!!

Anônimo disse...

legal e claro esse texto, mas queria mais sobre socrates como sofista

hugo lopes disse...

Ótimo texto, excelente harmonia na construção e desenvolvimento.

Anônimo disse...

Excelente texto, parabéns pela clareza e informações verdadeiras.

Anônimo disse...

obrigado pela ajuda .

Anônimo disse...

ótimo.

Anônimo disse...

Parabéns pelo texto e obrigada pela ajuda ...

eu so foda disse...

vsf seu fdp

Anônimo disse...

Muito bom adorei vai mer ajuda muito

hanna disse...

parabéns realmente eu chorei lendo porque hoje vou apresentar um trabalho sobre eles os sofistas e bom queria arranjar uma forma de colocar minha concepção nele que provavelmente é diferente da de todos os presentes tudo o q achamos sobre eles em outros lugares é basicamente expressado em mercenários hipócritas medíocres e mau caráter eu não acreditei no q li e encontrei o seu site parabéns mesmo me emocionou mt

Anônimo disse...

valeu cara belo texto me ajudou muito

Anônimo disse...

Valeu dms salvou meu dia! Otimo texto bjj

Minha Filosofia é

um site de reflexão sobre vários assuntos. Seu objetivo é levantar debates e questionamentos acerca dos acontecimentos contemporâneos. Sugestões e comentários são bem-vindos.


Minha Filosofia Headline Animator

VISITANTES

Total de Visitantes:

Obrigado por sua visita!